Foto
07 abr

Agricultura de precisão ganha destaque em feira no

Falker mostra na Tecnoshow Comigo sua linha de equipamentos e softwares voltada a melhorar a produtividade da lavouraA agricultura de precisão ganha cada vez mais espaço no Brasil ao disponibilizar tecnologias que possibilitam uma melhora na obtenção de resultados garantindo sustentabilidade econômica e ambiental da produção. Atualmente é uma ferramenta real ao alcance dos produtores, assim como um sistema de gestão dentro da fazenda.A ideia é garantir ao produtor a capacidade de identificar a variabilidade dentro de uma lavoura e possibilitar que pratique um manejo capaz de

VER NOTÍCIA
Foto
06 abr

Lançamento e altas produtividades marcam presença da

Marca apresenta cultivar Brasmax Power IPRO e resultados expressivos de seu portfolioOs dados das colheitas desta safra estão animando quem plantou Brasmax Power IPRO, cultivar lançamento da marca. O produtor Marcelo de Lima, de Cristalina/GO, por exemplo, obteve média de 78 sc/ha em 120 hectares plantados.  Em Doverlândia/GO, na Fazenda Confusão, a cultivar chegou a 85 sc/ha em sequeiro. A Brasmax Power IPRO, que poderá ser vista em campo durante a Tecnoshow, possui arquitetura de planta moderna, alto potencial produtivo e tecnologia Intacta RR2 PRO.Segundo o Gerente de

VER NOTÍCIA
Foto
31 mar

Goiás agora pode usar benzoato contra lagarta Helicoverpa

Os agricultores de Goiás finalmente conseguiram autorização estadual para utilizar defensivos com o princípio ativo benzoato de emamectina no controle da lagarta Helicoverpa armigera. A Instrução Normativa nº 03/2016, que define as normas do pedido de "Habilitação para Uso Emergencial" desses produtos, foi publicada no Diário Oficial do Estado na segunda-feira (28). Segundo o documento, o benzoato poderá ser utilizado de forma controlada enquanto perdurar a situação de emergência fitossanitária para a praga em Goiás.Desde a safra 2013/14, quando a H. armigera foi identificada

VER NOTÍCIA
Foto
31 mar

Kátia Abreu propõe isenção de PIS/COFINS para

A ministra Kátia Abreu (Agricultura, Pecuária e Abastecimento) enviou ao Ministério da Fazenda proposta de isenção do PIS/COFINS para a importação de milho. Segundo ela, a medida é necessária devido ao aumento das exportações brasileiras do grão. Por isso, há necessidade de incentivar a importação para abastecer o mercado interno, a fim de não encarecer os custos de produção das carnes suína e de aves, já que o milho é a base na alimentação dos animais."O preço de paridade de exportação do milho exerce pressão no preço interno que, aliado à dificuldade do setor

VER NOTÍCIA