Foto
11 mar

Kátia Abreu pede prorrogação do prazo de inscrição em

A ministra da Agricultura, Kátia Abreu, defendeu a prorrogação do prazo de inscrição no Cadastro Ambiental Rural (CAR) por mais um ano. O prazo para que os produtores façam o cadastramento termina em 5 de maio.De acordo com último boletim divulgado pelo Serviço Florestal Brasileiro, com dados até 31 de janeiro, 263 milhões de hectares foram registrados no Sistema Nacional de CAR (Sicar), o que representa 66,1% da área a ser cadastrada.Criado pela Lei do Código Florestal, o CAR é um sistema eletrônico que integra as informações das propriedades rurais e será a base de dados

VER NOTÍCIA
Foto
08 mar

Estações vão mostrar como reduzir os impactos ambientais

Projeto será realizado dentro da programação da TECNOSHOW COMIGO e permitirá que público possa conhecer e até desenvolver as práticas em suas propriedades rurais ou na área urbanaOs produtores rurais estão cada vez mais conscientes de que o futuro da agropecuária está atrelado à recuperação, preservação e valorização dos recursos naturais, com o aproveitamento correto para uma produção sustentável, de solo fértil, topografia favorável, clima generoso, extensão territorial, tradição e domínio das modernas tecnologias. Mas para ampliar essa conscientização,

VER NOTÍCIA
Foto
08 mar

TECNOSHOW COMIGO terá dia dedicado para ações de

Na data de 15 de abril, palestras, apresentações, dinâmicas e demais atividades serão voltadas para orientar o público da necessidade de cuidados com recursos naturais e o meio ambiente Várias ações, projetos e atividades têm sido desenvolvidos no que diz respeito à preservação, melhoria e recuperação do meio ambiente para as presentes e as futuras gerações. São leis de mitigação de impactos e de prevenção a danos ambientais, tecnologias que passam a integrar a rotina no campo, técnicas e experimentos sustentáveis, entre outros. E tudo isso já está em curso

VER NOTÍCIA
Foto
03 mar

Atividade agrícola não é vilã

A pesquisadora da Embrapa Solos Joyce Monteiro fez parte da delegação brasileira que esteve na COP 21. A participação da brasileira se deu em debates em comissões que buscavam a redução das emissões dos gases de efeito estufa na atividade agropecuária, ao lado dos também cientistas da Embrapa Giampaolo Pellegrino e Gustavo Mozzer."Assessorávamos os profissionais do Ministério das Relações Exteriores quando o assunto era agricultura. Procuramos retirar da atividade agrícola a pecha de vilã das emissões, o que ela não é, especialmente quando comparada às queimas de

VER NOTÍCIA