Foto
14 abr

Cuidados com animais vão de depilação a exercícios físicos


Raças expostas na TECNOSHOW COMIGO requerem acompanhamento contínuo

e controle de dieta, higiene e aparência física

 

Há quem diga que eles demandam mais cuidados e atenção do que seres humanos. Acompanhar a rotina dos criadores dos animais expostos na feira TECNOSHOW COMIGO, em Rio Verde (GO), é testemunhar um empenho contínuo para, entre outras coisas, manter a saúde, a boa forma e a aparência em dia de bovinos, equinos e ovinos. Aparar as sobrancelhas, depilar as orelhas, fazer exercícios físicos, como rampa, natação, caminhada e esteira, banho com produtos especiais e controle da dieta são alguns dos exemplos aos quais os criadores precisam estar atentos, caso queiram atrair o interesse de compradores ou conseguir bons resultados em competições de raças.

 

A família de Jucélia Teodoro, proprietária da fazenda Campina Verde, em Cachoeira Alta (GO), chama a atenção por onde passa, e não é por alguma razão ligada a eles, em específico. O motivo é porque quase sempre ela, os filhos e o marido estão acompanhados dos animais da propriedade, todos de tamanho mini. “Lá em casa é assim. Todos pequenos”, conta sorrindo. Este ano, a criadora trouxe para a feira 11 mini pôneis, que, segundo ela, são tratados como filhos. Não à toa, ela se diz a mãe de todos eles, o que, a depender da situação, até gera ciúmes entre os filhos naturais, uma garota de 14 anos e um menino de 11. “Os animais são minha paixão”, afirma.

 

O xodó de Jucélia é o mini pônei Batatinha, que, por ser o mais adorado, manso e carinhoso, segundo ela, é também o mais caro, avaliado em R$ 10 mil. A rotina de cuidados, especialmente quando eles estão expostos em feiras e eventos, consiste, basicamente, em banho diário com xampu especial, condicionador e controle da alimentação de concentrados para evitar efeitos colaterais, como cólicas. Além disso, as vacinas devem ser feitas de seis em seis meses, o que para a criadora é um exemplo claro de como eles demandam mais atenção do que os próprios filhos. “Meus meninos estão com 11 e 14 anos. Nem tem mais vacinas para eles mais. Já com este aqui (Batatinha) eu preciso estar atenta pelo menos duas vezes por ano”, expõe.

 

Jucélia cria também mini vacas em Cachoeira Alta. Ao todo, são cerca de 30 animais na fazenda, com valores que oscilam de R$ 1 mil a R$ 10 mil. No início, relata ela, eles compraram os animais para manter na propriedade e participar de eventos apenas. Foi difícil ceder à necessidade de venda, em função do sentimento alimentado pelos bichos. Ela só se convenceu de que seria bom vendê-los, após recusar uma série de propostas e ver um dos animais morrendo, porque uma pessoa deu veneno a ele, enquanto estava exposto numa praça da cidade. “Foi quando eu decidi que seria melhor, por exemplo, eu vender o Batatinha do que vê-lo morto por causa da maldade das pessoas”, diz.

 

Exercícios físicos

Nas Fazendas Mourão, em Jataí e Chapadão do Céu (GO), além dos cuidados com higiene e dieta das ovelhas da raça Santa Inês, os animais executam ainda uma rotina de exercícios físicos para tonificar a musculatura e manter a qualidade da carcaça. O gerente das propriedades, Egiberto Praxedes, conta que isso é necessário, porque a fazenda sempre participa de competições da raça em todo o Brasil e o físico das ovelhas é um dos aspectos levados em consideração na avaliação dos jurados. Três vezes por semana, elas são levadas para caminhar uma distância de cinco quilômetros e duas vezes na semana elas fazem natação num lago construído especialmente para isso nas fazendas. Cada ovelha nada em torno de 100 a 150 metros.

 

A aparência dos animais é algo muito importante. Egiberto relata que até as sobrancelhas das ovelhas são aparadas, assim como o rabo e outras partes do corpo do animal. O banho é diário, com produtos especiais, como óleo de coco e xampus específicos para a raça. Da mesma forma, a alimentação é controlada com quantidades certas de ração. Os valores das ovelhas expostas na TECNOSHOW COMIGO oscilam de R$ 2,5 mil a R$ 8 mil. “Na fazenda, existem animais acima dos R$ 20 mil, que são as campeãs das competições que participamos, e elas não estão à venda”, enfatiza.

 

Também criador de ovelhas, mas da raça Suffolk, o paulista e zootecnista Rafael Rodrigues Jorge participa desde 2005 da TECNOSHOW. Este ano, ele trouxe para a feira 11 animais, sendo seis machos e cinco fêmeas. Originalmente inglesa, a raça é mais encontrada em São Paulo e na parte Sul do país. Elas são animais mantidos a pasto na fazenda de Rafael, em Pirapozinho, interior paulista. Uma vez por ano, ele faz uma tosquiada do pelo e, no dia a dia, mantém a saúde dos bichos com banho, controle da dieta, já que, além do capim, as ovelhas comem cerca de 500 gramas de concentrado cada uma. Isto é essencial, segundo ele, para manter o a musculatura, pois, naturalmente, já é um animal com boa carcaça.

 

Bovinos

Os touros expostos na feira também requerem cuidados especiais. O funcionário da Fazenda Nova Pousada, de Aparecida do Rio Doce (GO), André de Jesus Silva, cita que até as orelhas dos animais precisam ser depiladas para manter não só a aparência, mas também a saúde dos bovinos. A fazenda trouxe para a TECNOSHOW nove bois da raça Brahman. Os cuidados mantidos precisam seguir os ponteiros do relógio. De uma em uma hora, os animais maiores  tomam água, enquanto os menores fazem o mesmo de duas em duas. Da mesma forma, a diferença ocorre no que se refere à dieta. Enquanto os menores comem mais, os maiores precisam ter alimentação controlada para evitar a obesidade.

 

O gerente da fazenda Yeshua, de Rio Verde (GO), Francisco Balduíno Neto, é o responsável pelos animais da propriedade que estão expostos na feira. Todos da raça Senepol. Ele conta que o controle da quantidade de alimento é contínuo, porque, dependendo do total, o animal pode empanzinar ou engordar demais. “Cada um come em média de oito a 10 quilos de silo mais uma porção de 1,5 a 2 quilos de concentrado. O banho é dado uma vez por dia, mais pulverização de carrapatos e moscas. É como se você tivesse um cachorro”, brinca. O valor de cada touro varia de acordo com a linhagem e carga genética, podendo chegar a R$ 60 mil. 

 

TECNOSHOW COMIGO 2016

A 15ª edição da TECNOSHOW COMIGO ocorre de 11 a 15 de abril, no CTC, em Rio Verde (GO). Consolidada como uma das principais feiras de tecnologia rural do Brasil, sendo a maior do Centro-Oeste, o evento oferecerá aos visitantes de diversas regiões do Brasil o que há de mais moderno em máquinas, veículos e equipamentos agropecuários, insumos, plots agrícolas com vários experimentos, além de demonstrações de resultados de pesquisas, palestras, dinâmicas de pecuária e de máquinas, lançamentos de novas variedades para diversas culturas, ações socioambientais, entrega do Prêmio de Gestão Ambiental Rural COMIGO, entre outras atividades. Instituições financeiras também estarão presentes com linhas de crédito e financiamento voltadas para o produtor rural.

 

Mais sobre a TECNOSHOW COMIGO

Com a proposta de auxiliar o produtor rural, a COMIGO iniciou, em 2002, o trabalho de geração e difusão de tecnologias agropecuárias, em Rio Verde, numa área que hoje ultrapassa 130 hectares (área total do CTC), onde a cooperativa promove experiências tecnológicas o ano todo, em parceria com diversas instituições de pesquisa, de ensino e outras empresas.

 

FICHA TÉCNICA

15ª edição da TECNOSHOW COMIGO

Data: 11 a 15 de abril de 2016 (segunda a sexta-feira)

Local: Centro Tecnológico COMIGO (CTC) - Rio Verde – GO (Anel Viário Paulo Campos, Km 7, Zona Rural)

Horário: 8 às 18 horas

Serviço: Geração e Difusão de Tecnologias Agropecuárias, Exposição e Dinâmicas de Máquinas e Equipamentos, Palestras, Exposição de Animais e Dinâmicas de Pecuária.

Site: www.tecnoshowcomigo.com.br

Twitter: @tecnoshowcomigo

 

INFORMAÇÕES PARA A IMPRENSA

Assessoria de Comunicação da COMIGO

Weuller Freitas – (64) 3611-1522 / 9627-9897

Bruno Kamogawa – (64) 3611-1690 / 9282-2213

Samir Machado – (64) 3611-1647 / 9941-2288

 

Voltz Comunicação – Assessoria de imprensa da TECNOSHOW COMIGO

jornalismo@voltzcomunicacao.com.br ou tecnoshowcomigo@gmail.com - (62) 3924-4462

Fernando Dantas – (62) 9227-2631

Renan Rigo – (62) 8522-6645

Galtiery Rodrigues – (62) 9439-5050

Wanessa de Almeida – (62) 9246-8821


Compartilhe:

Google +