Foto
13 abr

Workshop promove união de sementeiros


Encontro rendeu decisão de reunir produtores de semente de feijão de diferentes estados,

o que deve fortalecer a cadeia

 

Produtores de semente de feijão saíram animados hoje de um workshop realizado pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), na TECNOSHOW COMIGO, em Rio Verde (GO). Acostumados a uma relação mais restrita e certa desunião dos integrantes da cadeia produtiva, eles viram no encontro uma oportunidade de estabelecer contato, trocar experiências e conhecer produtores de estados como Goiás, Minas Gerais, Mato Grosso e Distrito Federal. A iniciativa, além de orientar os participantes e demonstrar as novas tecnologias desenvolvidas pela Embrapa para aprimorar a qualidade das sementes, foi também um primeiro passo para fortalecer a cadeia do feijão, que sofre as consequências por não ser tão organizada como as cadeias de soja e milho, por exemplo.

 

O workshop começou às 9 horas e só foi encerrado no final da tarde. O dia de apresentações e debates foi dividido em duas partes. A primeira foi mais expositiva, com técnicos da Embrapa falando sobre pragas (mosca branca), solo, fertilidade do solo e depois sobre novidades que serão lançadas pela empresa no próximo ano. No segundo momento, os 38 participantes convidados foram divididos em dois grupos para sugerir perguntas a serem respondidas pelos expositores. A principal delas foi sobre como a Embrapa pode auxiliar o negócio deles, aumentando a participação e o relacionamento entre as duas partes. Foi quando surgiu a ideia de os produtores se organizarem em forma de grupo ou associação para facilitar o contato.

 

Gerente da Embrapa Produtos e Mercado, Alessandro Cruvinel acredita que esse simples ato já significa muito e vai fortalecer a base da cadeia, promovendo debates acerca da qualidade da semente e da necessidade de inovação. “É uma cadeia que cada vez mais vem se organizando. Reflexo disso, é o aumento do uso de semente certificada, que era muito baixo, em torno de 10%. Hoje já está na casa dos 20% e a gente acredita que a tendência é só crescer”, afirmou. A Embrapa está focada, a princípio, em melhorar a relação com os sementeiros e, segundo Cruvinel, nos próximos dois anos, a intenção é focar nos demais integrantes da cadeia produtiva, reunindo componentes, como os produtores de grãos, as trades (exportadoras) e as indústrias empacotadoras.

 

“O Brasil não é um grande exportador de feijão, porque a gente ainda não está organizado o suficiente para atender ao mercado internacional”, acredita Alessandro. O feijão oscila muito de preço, mas, por outro lado, é uma cultura que tem fases muito boas de rentabilidade e, para se chegar a isso, é preciso, primeiro, passar por uma organização do setor, com foco na qualidade. O objetivo da Embrapa é estabelecer vínculos com quem leva a questão da sanidade a sério, “porque uma semente com doença contamina outros campos”, argumenta Alessandro.

 

Satisfação

Há 18 anos produzindo sementes de feijão, o produtor mineiro José Sérgio Moreira foi um dos que participaram do workshop. Ele se disse satisfeito com os resultados do encontro e em estabelecer contato com produtores de outros estados. “Estava faltando esse primeiro passo: a Embrapa ter a iniciativa de reunir todas essas pessoas para promover a troca de conhecimentos e informações tanto na área de tecnologia como também na parte de comercialização”, disse. Ele citou ainda os incrementos e novidades apresentadas pelos pesquisadores da Embrapa, como as variedades de sementes de feijão mais resistentes às pragas e doenças.

 

“Com a integração dos produtores, vamos conseguir filtrar as questões e passar um relatório para a Embrapa para que ela possa nos dar o apoio necessário no cultivo e comercialização das sementes”, pontuou José Sérgio. Esta é a primeira vez que o mineiro de Patos de Minas (MG) participa da TECNOSHOW COMIGO. Ele disse que a feira é muito organizada, com presença do que há de melhor no mercado, principalmente na área de tecnologia, considerada por ele um dos aspectos mais importantes do agronegócio hoje.

 

TECNOSHOW COMIGO 2016

A 15ª edição da TECNOSHOW COMIGO será realizada de 11 a 15 de abril, no CTC, em Rio Verde (GO). Consolidada como uma das principais feiras de tecnologia rural do Brasil, sendo a maior do Centro-Oeste, o evento oferecerá aos visitantes de diversas regiões do Brasil o que há de mais moderno em máquinas, veículos e equipamentos agropecuários, insumos, plots agrícolas com vários experimentos, além de demonstrações de resultados de pesquisas, palestras, dinâmicas de pecuária e de máquinas, lançamentos de novas variedades para diversas culturas, ações socioambientais, entrega do Prêmio de Gestão Ambiental Rural COMIGO, entre outras atividades. Instituições financeiras também estarão presentes com linhas de crédito e financiamento voltadas para o produtor rural.

 

Mais sobre a TECNOSHOW COMIGO

Com a proposta de auxiliar o produtor rural, a COMIGO iniciou, em 2002, o trabalho de geração e difusão de tecnologias agropecuárias, em Rio Verde, numa área que hoje ultrapassa 130 hectares (área total do CTC), onde a cooperativa promove experiências tecnológicas o ano todo, em parceria com diversas instituições de pesquisa, de ensino e outras empresas.

 

FICHA TÉCNICA

15ª edição da TECNOSHOW COMIGO

Data: 11 a 15 de abril de 2016 (segunda a sexta-feira)

Local: Centro Tecnológico COMIGO (CTC) - Rio Verde – GO (Anel Viário Paulo Campos, Km 7, Zona Rural)

Horário: 8 às 18 horas

Serviço: Geração e Difusão de Tecnologias Agropecuárias, Exposição e Dinâmicas de Máquinas e Equipamentos, Palestras, Exposição de Animais e Dinâmicas de Pecuária.

Site: www.tecnoshowcomigo.com.br

Twitter: @tecnoshowcomigo

 

INFORMAÇÕES PARA A IMPRENSA

Assessoria de Comunicação da COMIGO

Weuller Freitas – (64) 3611-1522 / 9627-9897

Bruno Kamogawa – (64) 3611-1690 / 9282-2213

Samir Machado – (64) 3611-1647 / 9941-2288

 

Voltz Comunicação – Assessoria de imprensa da TECNOSHOW COMIGO

jornalismo@voltzcomunicacao.com.br ou tecnoshowcomigo@gmail.com - (62) 3924-4462

Fernando Dantas – (62) 9227-2631

Renan Rigo – (62) 8522-6645

Galtiery Rodrigues – (62) 9439-5050

Wanessa de Almeida – (62) 9246-8821

 

 

 


Compartilhe:

Google +